Como vender
Pesquisas

Como vender

Pode parecer clichê, mas toda loja virtual, que ofereça um bom serviço de navegação e usabilidade, começa pela escolha de uma plataforma de e-commerce.

Planeje o mix de produtos que você irá vender online

Talvez, seja essencial analisar se você irá vender online os mesmos produtos que comercializa em seu ponto físico. Pode ser interessante, até mesmo pela logística, selecionar o que deve entrar na sua loja virtual em um primeiro momento.

Mas, por quê? Isso acontece pelo seguinte motivo: o público que visita o seu ponto físico pode não ser o mesmo que irá te encontrar no ambiente online. Isso será analisado com o tempo, ok? Então, não se desespere!

Portanto, veja o seu mix atual e procure informações sobre o que, dentre as mercadorias que você já tem, são mais procuradas na internet.

Além disso, selecione também os produtos que mais fazem sucesso atualmente, e leve eles como os âncoras, aqueles que chamarão a atenção nos primeiros meses do seu e-commerce.

Prepare a sua equipe para o e-commerce

Pelo menos no início, você não precisará contratar mais pessoas para vender online. Uma dica é preparar a sua equipe atual para isso.

Que tal envolvê-la no processo de construção da loja virtual? Ouça-os sobre o que acreditam que poderia dar certo no ambiente virtual, como poderia ser feita a divulgação, como poderão tocar o atendimento de forma eficaz, por exemplo.

Após, prepare um treinamento de maneira com que todos estejam engajados nesse novo processo! Ah, e claro, planeje uma boa comissão para que seus funcionários se sintam motivados.

Para vender online, é preciso ter ótimas fotos

Quando você vai em uma loja física, você gosta de pegar o produto, de saber como ele é, de sentir as suas texturas. Isso pode ser feito também no ambiente online. Como? Com boas fotos!

Indicamos que utilize algumas técnicas simples, como posicionamento do produto (bom enquadramento), boa luz ou luz natural, aplicativos de edição de imagem e boa resolução. Te contamos mais aqui.

Lembre-se: a foto será o cartão de visita de uma determinada mercadoria. Então, invista nesse quesito (isso não significa necessariamente dinheiro, ok? Utilize o seu tempo, por exemplo, para produzir imagens de qualidade).

Faça uma descrição detalhada de seus produtos

Outra dica extremamente importante: descreva, com detalhes, tudo o que o seu produto possui/oferece. Desde o tamanho, cores disponíveis, materiais utilizados em sua produção e outras características. Não deixe nada passar!

Assim como as fotos, contar sobre a sua mercadoria vai levar segurança ao cliente, tornando o processo de conversão mais assertivo. Afinal, se ele tiver alguma dúvida, poderá sair do seu site e não mais retornar.

Neste texto, falamos mais sobre o cadastro de produtos. Confira!

Divulgue nas redes sociais

Loja virtual pronta, com equipe treinada para atender e vender mais, fotos em boa resolução, descrições completas! Enfim, só falta divulgar todo esse lindo trabalho, não é mesmo?

E, claro, elas, as redes sociais, são as mais indicadas para isso. Utilize principalmente o Instagram e o Facebook para contar sobre o seu e-commerce, mostrar as suas mercadorias e interagir com os clientes.

Para saber mais, baixe o nosso ebook gratuito sobre o tema!

O que é a hospedagem para e-commerce?

Quando você cria um site na internet ou loja virtual, ela precisa ficar hospedada em algum lugar. Para que fique claro, vamos usar um exemplo bem didático: o seu computador. O equipamento armazena diversas informações e, então, esses dados ficam hospedados na máquina.

Um computador possui processador, memória, dispositivos de armazenamento (discos) e conexão com a internet. Esses são todos os requisitos para que uma loja virtual fique hospedada na internet, por isso esse é um bom exemplo.

A diferença é que o computador é de uso único do usuário, enquanto a loja virtual fica disponível na rede. Já se este computador fosse utilizado por várias pessoas, ele seria chamado de servidor.

O vídeo abaixo apresenta uma conversa da equipe da Bertholdo sobre hospedagem. Você poderá encontrar várias dicas valiosas:

Tipos de hospedagem para e-commerce

Agora que você já começou a ter uma ideia do que é a hospedagem, vamos entrar mais a fundo no assunto. Existem diferentes tipos de hospedagem, desde as opções de alto desempenho até aquelas mais simples e baratas e, geralmente, os modelos são segmentados pelos recursos disponíveis. A seguir, conheça 3 opções de hospedagem para e-commerce.

Servidor dedicado

O servidor dedicado é exclusivo para o cliente solicitante. Geralmente ele é construído a partir das necessidades da empresa com os recursos necessários para atendê-la de forma satisfatória. Ele precisa de um acompanhamento de responsáveis especializados e, por isso, pode ter um custo maior.

Cloud server

Esse modelo de servidor utiliza os dados em nuvem para armazenamento. Para entender melhor o que é essa nuvem, basta pensar em um conjunto de servidores conectados uns aos outros e acessíveis pela internet.

Servidor compartilhado

O servidor compartilhado, como o próprio nome já sugere, consiste na utilização de um mesmo servidor por mais usuários. Essa opção é indicada para pessoas ou empresas que não precisam de muitos recursos.

Então, agora que você já compreendeu o que é a hospedagem do seu e-commerce, tenha em mente que é muito importante escolher uma boa opção, pois ela terá uma interferência direta no funcionamento da sua loja virtual.

Write what you are looking for, choose the filters and press enter to begin your search!